Nos primeiros quatro meses do ano, a Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários) contabilizou 24.591 unidades emplacadas contra 15.428 produtos em igual período em 2017. Com isso, a indústria do setor teve crescimento na ordem de 59,39% entre janeiro e abril deste ano.

“Esses números indicam que a retomada segue em seu curso e a indústria poderá recuperar uma parte de suas perdas acumuladas ainda este ano”, afirma Norberto Fabris, presidente da Anfir.

O segmento que mais apresentou alta foi o de reboque e semirreboque com alta de 83,8%, enquanto o setor de carroceria sobre o chassi apresentou variação positiva de 41,1%.

De acordo com levantamento da Anfir, as quatro quedas sucessivas de mercado (veja box a seguir) resultaram em perdas que correspondem a cerca de dois terços do mercado doméstico considerando o total apurado em 2013. Na ocasião o volume de emplacamentos chegou a 177.876 unidades, enquanto no ano passado o total entregue ao mercado foi de 60.497 unidades. “Foram tempos muito difíceis e que estão sendo superados aos poucos porque toda queda é rápida assim como toda retomada é lenta”, comenta Fabris.

Comparação entre períodos

2017 sobre 2016 o recuo foi de 2,42%
2016 sobre 2015 o recuo foi de 29,8%
2015 sobre 2014 o recuo foi de 44,76%
2014 sobre 2013 o recuo foi de 10,22%

Compartilhar
Andrea Ramos
Jornalista especializada em veículos comerciais, apaixonada por caminhões e punk rock, e mãe do B e do Ben.