A nova gama DAF XF/CF foi eleita “Caminhão do Ano 2018” pela imprensa especializada europeia. Votaram os 23 jornalistas de revistas sobre transporte rodoviário de 23 países da Europa.

A premiação “International Truck Of The Year” (ItoY) existe desde 1977. A DAF levou o seu primeiro “Truck of The Year” em 1988, com o modelo ’95’. A marca holandesa soma três outras premiações: 95 XF (1998), LF (2002) e XF-105 (2007). Aqui, conheça as marcas que mais venceram a premiação

A entrega do prestigiado troféu ao presidente da DAF Trucks, Preston Freight. Ela decorreu no dia reservado à imprensa no salão dedicado aos veículos comerciais Solutrans, em Lyon, na França.

Os três mais votados

Em uma disputada eleição, a gama holandesa de pesados enfrentou a acirrada competição dos Iveco Stralis NP 460 cv de longo curso movidos a gás natural, que ficaram em segundo, e da gama de construção Scania XT que ocupou o terceiro lugar.

Scania ficou em terceiro lugar na edição para 2018, mas foi vencedora na edição 2017, realizada no final de 2016

De acordo com as regras do ItoY, o prêmio é entregue ao modelo ou gama – comercializados nos últimos 12 meses. O vencedor tem que ter contribuído, da melhor forma, para a eficiência do transporte rodoviário. Os principais critérios de avaliação incluem, a inovação tecnológica, o conforto do condutor, a segurança rodoviária, a condução, a economia de combustível, o impacte ambiental e os custos operacionais (TCO).

O trem de força dos novos XF/CF tem por base os otimizados motores de seis cilindros em linha MX-11 e MX-13. Eles estão integrados com as mais recentes transmissões automatizadas ZF Traxon de 12 relações. A transmissão inclui os novos eixos traseiros DAF, que garantem suavidade de funcionamento e melhor eficiência nos consumos.

Eficiência energética

Nos novos XF/CF, os membros do júri do “Caminhão do Ano” europeu valorizaram as características que contribuem para a eficiência energética. Os destaques foram para as melhorias na combustão, a redução das perdas por fricção, a redução dos regimes nos motores, os agregados inteligentes, a integração da transmissão, as diferentes escolhas de relações, a nova arquitetura da gestão eletrônica, além das reduções de peso em alguns componentes, como no caso do pós-tratamento dos gases de escape.

Em particular e durante os recentes testes efetuados nas estradas belgas e holandesas, os
membros do júri do IToY apreciaram as características das avançadas transmissões dos novos XF/CF, que concedem o modo “Eco-roll” para economizar combustível, devido à melhor integração entre os motores e caixas automatizadas, equipadas com o mais recente sistema de piloto automático, de função pró-activa apoiada por GPS.

Em resumo e de acordo com as votações do júri do “International Truck of the Year”, o presidente Gianenrico Griffini comentou: “Com a introdução das novas séries XF/CF, a DAF apresenta uma gama de pesados que estabelece novos padrões, no que diz respeito à eficiência energética e performance global”.

Sobre o ItoY

O troféu do “International Truck of the Year (ItoY)” foi criado em 1977 pelo jornalista britânico Pat Kennett, o lendário fundador-editor da revista “Truck”. Hoje, os 23 membros do júri, representam as revistas europeias de referência, no setor dos veículos comerciais. Além disso, nestes últimos anos, o Grupo IToY alargou a sua esfera de influência, por meio dos ‘membros associados’ em mercados emergentes para os caminhões, como os da China,
India, África do Sul, Brasil (representado pelo jornalista Marcos Villela, editor da revista TRANSPORTE MUNDIAL), Japão e Irã. Em conjunto, o universo de leitores ligados aos caminhões, aos quais se dirigem as edições dos 23 membros do IToY e as dos sete membros associados, excede os 950.000 leitores.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).
  • mjprio

    Caramba quem diria! A DAF nunca me pareceu ser protagonista neste universo dos caminhões, mas buscou seu lugar ao sol. Seus modelos parecem frageis diante dos mastodontes de Scania MB e Volvo, mas acredito ser so impressao mesmo. Afinal a marca tem historia ( foi uma das precursoras do sistema CVT) e hoje faz parte do grupo Paccar . Esse premio mostra a busca pelo aperfeiçoamento de seus produtos e pelo posicionamento no mercado. Mais ou menos o que ocorreu com a Iveco ha um tempo atrás.
    Uma coisa e certa: e muito bom dirigir o XF105 510 no eurotruck simulator 2. Caminhão bom e economico ehehe. Anda muito bem