O mercado de furgões sempre foi pouco competitivo. Isso sempre permitiu que, com pouco esforço, qualquer marca poderia ser líder.. Mas raras foram as marcas que fizeram esforços, como foi feito com o Fiat Ducato no final dos anos 1990. Mas as coisas estão mudando. Com a crescente restrição aos caminhões nas cidades, aumento do trânsito nas cidades e o crescimento do comércio eletrônico, o segmento começa a receber um pouco mais de atenção de algumas marcas.

Fiat Ducato voltará em ambiente bem diferente. O falta de atenção da Fiat pelo segmento de furgões permitiu a concorrência se fortalecer

A Fiat foi líder por quase uma com o Ducato, porém, ele tinha pouquíssimos concorrentes. A empresa encerrou a produção do modelo na fábrica de Sete Lagoas (MG) e anuncia que vai relançar o modelo em 2018 como modelo importado.

Citroën Jumpy (foto) e Peugeot Expert aparecem como opções mais interessantes em preço, consumo, custo de manutenção, segurança e agilidade

O Fiat Ducato volta em um ambiente bem diferente do que deixou. A sua ausência permitiu a Renault se fortalece com o Master. A Mercedes-Benz cresceu bastante com a linha Sprinter, atualmente, a mais moderna do mercado brasileiro. Peugeot e Citroën voltam com os modelos, respectivamente, com o Boxer e o Jumper, e com políticas bastante interessante para frotistas.

Peças sujeitas à variação do dólar

O fato do Fiat Ducato voltar como importado deve ser um motivo de preocupação para seus futuros compradores. A FCA (Fiat Chrysler Automobiles) pode até fazer um preço inicial competitivo para voltar a recuperar mercado. Porém, vai depender muito de quanto a manutenção ficará dependente a importação de peças, sempre sujeita as variações da cotação do dólar e as políticas instáveis de impostos do Brasil.

Não custa lembrar que a variação do dólar inviabilizou as vendas e manutenção do Ford Transit no Brasil.

Fora isso, o mercado de entregas rápidas ganharam duas opções mais versáteis para uso em centros urbanos, que são os furgões mais compactos e ágeis Citroën Jumpy e Peugeot Expert que contam todos os benefícios do Mercosul, pois são montados no Uruguai.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).