De acordo com perspectivas do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) devem crescer 55% os investimentos na área de infraestrutura de transportes no Brasil até 2017. Isso significa um montante na ordem de R$ 163 bilhões, R$ 58 bilhões a mais que no quadriênio anterior.

Portos e ferrovias serão os maiores beneficiários, pois conforme o levantamento, com o programa de concessões do governo federal e de parcerias público-privadas, o setor portuário deve receber R$ 34 bilhões, valor 124% superior em relação ao período entre 2009 a 2012, quando foram aplicados R$ 15 bilhões.

Infraestrutura de transportes deve ganhar novos investimentos
Já o segmento ferroviário deverá receber R$ 59 bilhões, o que representa aumento de 108% se comparado com os R$ 29 bilhões investidos no quadriênio anterior.

Nos aeroportos, os investimentos passarão de R$ 7 bilhões para R$ 8 bilhões, que representam crescimento de 20%; e as estradas receberão R$ 62 bilhões ante os R$ 54 bilhões anteriores, o que significa alta de 16%.

O levantamento avalia 17 setores da economia e prevê que, ao todo, os investimentos terão uma alta de 26% se comparado ao período de 2009 a 2012, o equivalente a um incremento de 4,7% ao ano.