Em recente encontro com um pequeno grupo de jornalistas brasileiros na Argentina, o presidente mundial da Iveco, Pierre Lahutte, relevou que a interrupção da produção do Fiat Ducato na fábrica da Iveco de Sete Lagoas (MG) foi ótimo para marca Iveco, contrariando o que muita gente poderia pensar. Afinal, a produção do modelo Ducato chegou a ter uma importância bastante significativa para rentabilidade da fábrica de Sete Lagoas.

“Os motivos que levaram a Fiat a deixar de produzir o Ducato em Sete Lagoas e passar a importá-lo do México foi uma decisão deles. Mas para nós da Iveco, isso nos possibilitou ampliar a gama Daily para concorrer no segmento do Fiat Ducato. Não havíamos feito isso antes por respeitar a marca prima que fabricava o seu comercial leve dentro de nossa casa e não queríamos ser concorrentes do nosso próprio cliente”, comentou.

Daily City

O comentário de Pierre Lahutte explica a apresentação das novas versões Daily City furgão e chassi cabine na última Fenatran. Os modelos vão concorrer diretamente com os novos Fiat Ducato lançados no início deste ano.

A previsão da Iveco é de que os Daily City comecem a ser comercializados até o final de março. O presidente mundial da marca acredita que há, agora, uma grande oportunidade para a Iveco crescer no segmento de comerciais leves.

O Daily City 30S13 tem PBT técnico de 3,5 toneladas e permite ser conduzido por motoristas com CNH na categoria B. Com vantagem de ser produzido no Brasil e compartilhar componentes com as demais versões da gama Daily, a nova versão City terá altura reduzida para facilitar o acesso à cabine, entrada em garagens e o carga e descarga.

O motor será o mesmo do Fiat Ducato, o F1A 2,3 litros de 4 cilindros de 130 cv. Sem revelar mais detalhes técnicos, a engenharia da Iveco garante que foi feito um trabalho de redução de peso para não comprometer a capacidade de carga útil.

Conheça a opção da Citroën para o mercado intermediário de furgões.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).