O mercado de ônibus cresceu 43% no primeiro quadrimestre deste ano. Foram emplacadas 3.684 unidades entre janeiro e abril de 2018 contra 2.576 no mesmo período do ano passado.

Segundo Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, a perspectiva o ano todo é que o crescimento fique entre 15% e 20%, defendo fechar o ano em volume de 13 mil a 14 mil unidades.

Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing ônibus Mercedes-Benz. Foto: Divulgação

“Em ano de eleição, é normal que o maior volume de vendas concentre no primeiro semestre. Além disso, este ano, devido lei de obrigatoriedade de plataforma para portadores de deficiência física (a partir de julho), está havendo muita antecipação de compra neste início de ano”, explica o executivo

Percentualmente, o segmento rodoviário é o que mais cresceu (181%). Foram vendidas 388 unidades este ano contra 138 no primeiro quadrimestre de 2017.

Em volume, as compras de ônibus urbanos foram de 1.938 veículos nos quatro primeiros meses, contra 1.123 de 2017, o que representou crescimento de 73%.

Os micro-ônibus com PBT acima de 8 t tiveram crescimento de 60%, com 814 unidades entregues até o momento este ano e 509 no mesmo período do ano passado.

Outro segmento que teve um crescimento significativo devido à ampliação de frotas é o de fretamento. Foram emplacadas 288 unidades até abril de 2018 contra 151 até abril de 2017.

Único segmento que apresentou queda foi o escolar, de -67%. Walter Barbosa informa que isso ocorre no primeiro semestre devido o prazo necessário entre as licitações, homologações e entregas. Portanto, os números de emplacamentos do segmento escolar vão aparecer no segundo semestre e no primeiro semestre de 2019.

Líder em quase todos segmentos

Com exceção do micro-ônibus, o diretor de ônibus da Mercedes-Benz destaca que a marca é líder nos segmentos urbano (82,2%), escolar (69,6%), fretamento (69,1%) e rodoviário (48,5%). No total, a participação da marca é de 62%, sendo o Brasil o maior mercado da Mercedes-Benz no mundo.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).