Cerca de 1,2 milhão de pessoas em todo mundo morrem vítimas de acidentes de trânsito. A boa notícia é que na contramão desse dado, o número de acidentes envolvendo caminhões está em constante queda. E o motivo é a tecnologia embarcada cada vez mais presente nos caminhões. Razão de a Volvo Trucks ter forte atuação nesse quesito.

Dona de grandes inovações que até hoje salvam vidas no trânsito, como o cinto de segurança de três pontos, a Volvo Trucks assume o desafio de ampliar soluções de segurança que atinjam pedestres, ciclistas e motociclistas. Para isso, a fabricante está desenvolvendo uma série de ações pelo mundo.

A mais recente é o programa See and Be Seen (Veja e Seja Visto) com objetivo de melhorar a compreensão de como usuários das vias e motoristas de veículos de transporte podem interagir no ambiente de trânsito.

Além disso, a Volvo está divulgando ainda mais a diferença que faz o Emergency Brake (freio de emergência) no dia a dia das operações com os veículos de transporte de carga.

Desde 2015, uma lei europeia determina que todos caminhões pesados de dois ou três eixos devem ser equipados com freio de emergência a fim de reduzir os acidentes por colisão traseira. A lei determina ainda que o sistema deve reduzir a velocidade do caminhão em 10 km/h. Para o próximo ano, isso deverá ser ajustado para 20 km/h.

Animated GIFs - Find & Share on GIPHY

A solução da Volvo se antecipa a legislação. Na prática, se o caminhão estiver rodando a 80 km/h, ele pode cortar a velocidade a 0 km em cerca de 40 metros. No entanto, para a Volvo esse exemplo que mostra o que seu caminhão é capaz de fazer com o Emergency Brake prova também que se o condutor estiver a uma velocidade de 80 km/h, ele terá de baixar a velocidade muito mais do que 20 km/h para evitar colisão.

Outra evolução e que por enquanto só vale para os veículos europeus são as câmeras instaladas em pontos estratégicos do caminhão, cujas imagens são refletidas na central multimídia. Um complemento à visibilidade do motorista, sobretudo os que trafegam por áreas urbanas.

Confira a reportagem completa na edição n° 165 que já está nas bancas.

Compartilhar
Andrea Ramos
Jornalista especializada em veículos comerciais, apaixonada por caminhões e punk rock, e mãe do B e do Ben.