Agências internacionais de notícias, como France Presse, noticiam que a chinesa Geely está comprando ações da Volvo Trucks (8,2% do capital e 15,6% dos direitos de voto no Volvo Group). Esse montante é suficiente para a fabricante chinesa ser o maior acionista da Volvo Trucks.

Já termos de direito a voto, o fundo de investimento Industrivärden continua sendo o maior acionista (21,8%) e em ações conta com 6,7%.

O valor da operação não foi revelado, porém, com base do valor da ação da AB Volvo na Bolsa de Estocolmo, estima-se que o fundo de investimento Cevian (quem vendeu as ações) tinha 27 milhões de coroas suecas, ou 3,2 bilhões de euros.

Marcas do grupo

A AB Volvo produz caminhões (Volvo Trucks, Mack, Renault Trucks), ônibus, veículos militares (Renault Trucks Defense), maquinário para obras e motores marítimos (Penta).

A operações de caminhões e veículos de passeio da Volvo foram separadas em 1999 e em 2010 a Geely já havia comprado a operação de automóveis, depois de já ter sido vendida para Ford Company.

Na época que o Grupo Volvo resolveu vender a operações de automóveis, a estratégia era concentrar em veículos comerciais, pois os acionistas já previam que eles, sozinhos, não teria condições de fazer os investimentos necessários para continuarem sendo competitivos mundialmente.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).