Mostrado na última Fenatran, em outubro do ano passado, o VW Delivery Express é lançado comercialmente. Ele marca a estreia no segmento de 3.500 kg, o mais disputado quando o assunto é agilidade nas entregas urbanas. A lista de opções para os transportadores é longa, com Hyundai HR, Kia Bongo, Foton Minitruck, Mercedes-Benz Sprinter 313 Street, Fiat Ducato, Renault Master e, a partir do final de março, chega o Iveco Daily City. Segundo dados de emplacamentos, o Hyundai foi o mais emplacado no primeiro quadrimestre deste ano entre esses modelos, com 1.614 unidades, seguido do Kia Bongo (578). 

A Volkswagen Caminhões aposta na robustez e modernidade da cabine para conquistar uma fatia deste segmento, apesar da escolha por muitos clientes ser pelo menor preço, o que faz os sul-coreanos sucessos de vendas.

Assim como todos os concorrentes, o Delivery Express pode ser guiado por motoristas com habilitação categoria B, pois são veículos classificados pelo Código Brasileiro de Trânsito como caminhonete. A partir de 3.501 kg de PBT é obrigatória a categoria C em diante. Vale ressaltar que se o veículo for emplacado com placa vermelha é mandatória a realização de exame psicotécnico e a inscrição na CNH “exerce atividade remunerada”.

Delivery Express e 4.150

 O Delivery Express está equipado com motor Cummins ISF de 2,8 litros, 150 cv de potência e 36,7 mkgf de torque. A tecnologia de pós-tratamento dos gases é a EGR, dispensando o uso do Arla 32.

Outro lançamento comercial que também esteve na Fenatran é do VW Delivery 4.150. Ele possui o mesmo motor do Express, porém, conta com capacidade de carga maior, de 4.000 kg de PBT e possui rodado duplo no eixo traseiro.

“Trata-se dos lançamentos mais aguardados do segmento de 3,5 e 4 toneladas, que traduzem o know-how da marca Volkswagen combinando a expertise de carro de passeio e de trabalho, numa sincronia que chega para fazer história no transporte de cargas”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da MAN Latin America.

.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).