Com a união de experiência em veículos de carga e automóveis de luxo, a Mercedes-Benz quer reinar em novo segmento, o de picapes. A marca confirmou o lançamento da picape Classe X para Brasil e Argentina no início de 2019.

Versão Power tem padrão de luxo já conhecido dos SUV da Mercedes-Benz

A picape será feita na fábrica da Renault, em Córdoba, Argentina, e será oferecida em três versões de acabamento: Pure (voltada para o trabalho), Progressive (para quem quer usar o mesmo veículo para trabalho e lazer) e a Power (para quem busca o alto padrão de luxo já conhecido nos SUV da marca.  Haverá opções opções de motores de quatro e seis cilindros.

Versão Power, a topo de linha

Na Europa, o lançamento está previsto para ocorrer em outubro, com preços a partir de US$ 35 mil. Outro mercado a receber a picape da estrela é a África do Sul, onde está acontecendo o evento de apresentação. Naquele país, o lançamento está previsto para 2018. Um dos motivos do lançamento mais tardio no Brasil é, além da preparação da fábrica, o tempo necessário para homologação nos órgãos publicos, mais lenta e burocrática do que em países mais desenvolvidos.

A versão Pure será a de entrada e mais indicada para o trabalho. O painel é feito de material que não risca e fácil de lavar. Os bancos são em tecidos e as rodas de aço

A fabricante definiu como público-alvo da picape empresários do transporte e do agronegócio. A MB 180 D, primeira picape da fabricante alemã, foi lançada em 1954. A atual Classe X carrega até 1.042 kg de carga útil e possui CMT (Capacidade Máxima de Tração) de 3,5 t.

A cor amarela metálica foi colocada como opção de ultima hora, graças à boa aceitação em clínicas de pesquisa

A Mercedes-Benz estima que o mercado global de picapes vai crescer 43% até o ano de 2026. O maior crescimento é esperado na América Latina, de 49%. 

Com colaboração de Diogo Mendes.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).
  • Zetros1833

    O design dianteiro ficou bom. Já o interior e a traseira ficaram extremamente simples para um veículo Mercedes.