Dunlop aposta na alta eficiência de seu novo pneu de carga de uso misto

121

A Dunlop está confiante na alta eficiência e maior durabilidade de seu novo pneu de carga. Trata-se do SP926, produto desenvolvido para calçar caminhões que operam no transporte de cana-de-açúcar, pedreiras, coleta de lixo, betoneiras outras aplicações com maior severidade em relação ao uso rodoviário.

Novo pneus da Dunlop foi desenvolvido para aplicações fora de estrada como no transporte de cana de açúcar

É o primeiro pneu de uso misto da marca produzido para as condições brasileiras de uso, desde a inauguração da fábrica em outubro de 2013. O lançamento é disponibilizado na medida 295/80R22,5, no entanto, a fabricante já prepara a versão na 275/80R22,5 para ser disponibilizado ainda no primeiro semestre deste ano.

Banda de rodagem do pneu SP926 sulcos com 26,1mm de profundiade e blocos para evitar retenção de pedras

Foco na durabilidade

O trabalho desenvolvido pela Dunlop para seu novo produto teve como foco durabilidade, resistência a cortes e picotamento. O pacote incluiu composto de alta tecnologia, aumento da vida útil e maior índice de recapabilidade.

A característica mais visível do Dunlop SP926 está no desenho robusto da banda de rodagem, com maior distância entre os blocos para evitar retenção de pedras. Os sulcos com profundidade de 26,1mm – 31% mais profundos que o do antecessor importado.

Outro detalhe técnico está no nylon incorporado à carcaça. Segundo a fabricante, essas soluções proporcionam aumento de 43% na performance quilométrica e prolongam a vida útil do pneu em todas as condições condições de uso.

Três anos de desenvolvimento

O novo pneu exigiu três anos de desenvolvimento e experimentos até receber aprovação para ser disponibilizado ao mercado. Os testes contaram com aplicações em suinas em diferentes níveis de severidade e comparativos com concorrentes.

Na Usina Batatais/SP, por exemplo, na comparação com um dos principais concorrentes  o SP926 rodou 26.423 quilômetros contra 17.091 quilômetros do outro fabricante. Ambos rodaram em caminhões fora de estrada Scania G540 XT.

Na usina, na Dacalda, no município de Jacarezinho/PR, foi realizado o mesmo comparativo com o produto de outra marca, o Dunlop atingiu 36.359 quilômetros e o concorrente 33.536. Neste site os pneus rodaram aplicados no Iveco Trakker em terreno de alta severidade.

Nos dois casos, os resultados foram obtidos na primeira vida dos pneus e os testes foram subscritos por agentes das próprias usinas. As usinas Olho D’Água, em Recife/PE e Santa Cruz/SP também testaram o pneu SP926.

Dunlop SP 926 foi testado em usinas de Pernambuco, São Paulo e Paraná, em terrenos com com diferentes níveis de severidade

Rodrigo Alonso, diretor Nacional de Vendas e Marketing da Dunlop Pneus, declarou que a empresa está orgulhosa dos resultados alcançados nos testes do pneu SP926. Para o executivo, os números obtidos nas usinas reforçam o compromisso da marca em fornecer produtos de alta qualidade aos clientes, bem como tecnologia capaz de oferecer desempenho excepcional, durabilidade e segurança em qualquer tipo de terreno de todo o mercado nacional.