DAF reajusta preços de caminhões em 3%

100

Seguindo a lógica de mercado, onde as fabricantes precisam equilibrar os custos de operação e de pessoal com a queda nas vendas, a DAF, acompanhando outras marcas, anunciou que vai reajustar os preços de seus caminhões em 3%.


A medida atinge os dois caminhões da marca, o extrapesado XF105 e o pesado CF85, ambos produzidos em Ponta Grossa, no Paraná. 

“O atual cenário econômico nos conduz a alterações de preços. Essa medida é devido ao aumento de custos de produção, variações cambiais e inflação local”, afirma Michael Kuester, presidente da DAF Caminhões Brasil.

Em 2016, os caminhões sofreram aumento de preços entre 3% e 10%. No mês de janeiro, a Mercedes-Benz aplicou reajustes de 5% nos caminhões e 3,5% nos ônibus. Na Scania o aumento foi de 10%. No fim de 2015, a Volvo já havia elevado os preços em 8%. Para equacionar um aumento de custos da ordem de 15%, a fabricante afirmou que pretendia reajustar os preços a cada trimestre.