O Gélido da Volvo

58

O FH atrai por onde passa

O FH atrai por onde passa

Haparanda é uma pequena cidade localizada próximo ao Norte da Suécia e à Finlândia. Lá, onde também fica o Golfo de Bótnia, braço do Mar Báltico, começa a Lapônia, província histórica da Suécia.

Sua paisagem é dominada pela floresta, conhecida como a última selva da Europa, mas também é lembrada pela frota da pequena empresa Rolf Kattilavaaras, uma das mais antigas da região.

Essa transportadora é conhecida porque, dentre os seus caminhões — que costumam viajar constantemente pela Suécia e pelas vizinhas Finlândia e Noruega — há um modelo especial: o Volvo FH, de 480 cv, acoplado a um sider 2+1 que carrega um trabalho artístico inspirado na vida selvagem predominante naquela região.

O desenho foi elaborado pelo finlandês Mika Jefremoff. O artista do spray, sob o tema “Natureza intacta e a história da Lapônia”, quis revelar os personagens que fizeram palco dessa trajetória como os animais e o povoado que com eles convive.

O povoado e os animais da floresta são o tema dessa obra

A vivacidade que ele deu à obra, sobretudo aos animais, é tão espetacular, que o próprio Jefremoff afirma imaginar os uivos dos lobos e o som do urso faminto, batendo a sua pata no gelo em busca de peixe, seu principal alimento no Golfo de Bótnia.

Além da pintura as rodas do veículo reluzem graças ao aço cromado, justamente para chamar a atenção de quem passa por esse brutão. Os acessórios no interior da cabine receberam acabamento em couro nas cores creme e marrom, inspirados nos tons daquela floresta que deixa o verde de lado para dar lugar à cor queimada das plantas durante o rigoroso inverno. 

O acabamento interno é em couro