Scania anuncia venda de 100 caminhões abastecidos com biodiesel

400

A Scania anunciou a venda de 100 caminhões abastecidos com biodiesel 100% (B100). Trata-se das primeiras unidades do modelo 500 R 6×4 abastecidas com biodiesel e estão previstas para serem entregues ao cliente partir de maio de 2024.

Os 100 caminhões Scania R 500 Super 6×4 começam a ser entregues à Maggi em maio de 2024

O cliente é a Amaggi,https://www.amaggi.com.br/ empresa com atuação no agro, logística e operações entre outras áreas de negócio. A compra inclui mais 250 unidades do Scania Super 560 R 6×4 abastecidos com diesel normal. O início da entrega desse modelo não foi anunciado pela montadora.

Compra de caminhões 100% abastecidos a biodiesel é histórica

O investimento na compra de 100 caminhões 100% abastecidos a biodiesel ocorreu após longo período de testes e os veículos homologados prontos para rodar. Com a aquisição, a Amaggi terá maior frota do agronegócio movida a diesel B100% proveniente de sua própria fábrica, localizada em Lucas do Rio Verde/MT.

“Olhamos para o futuro, com a ampliação não só da frota rodoviária movida a B100, mas também com a extensão do uso desse combustível para frota fluvial, de tratores e outros maquinários agrícolas, que há anos já vem sendo testados pela Amaggi”, disse Judiney Carvalho, CEO da empresa.

Judiney Carvalho, CEO da Amaggi

Ainda de acordo com o executivo, a empresa vem sendo pioneira no uso de modais logísticos sustentáveis, como na navegação fluvial do arco norte. “Entendemos que o uso do biodiesel vem na mesma direção, atendendo os objetivos de descarbonização das operações da empresa”, complementou.

Frota própria da Amaggi conta atualmente com 700 caminhões e deve encerrar o próximo ano com 1.100 unidades.

Simone Montagna, presidente e CEO da Scania Operações Comerciais Brasil, destacou que o negócio com a Amaggi é uma grande compra histórica, pois se trata da primeira venda de caminhões 100% movidos a biodiesel originais de fábrica.

A Scania desenvolve há anos caminhões para rodar com biodiesel 100%. Em 2017, a unidade  da montadora na Argentina concluiu testes com o primeiro caminhão P 250 coletor de resíduos 100% movido a biodiesel. https://transportemundial.com.br/scania-p250-biodiesel/.

De acordo com os resultados divulgados, comparado ao modelo convencional, o veículo de testes reduziu em 80% as emissões de gases poluentes, enquanto as emissões de dióxido de enxofre foram zeradas. 

Todo o ciclo sustentável está completo neste exemplo de sucesso, pois a fábrica de biodiesel é da própria Amaggi. Os testes foram satisfatórios e o veículo está plenamente preparado para receber o combustível”, afirmou Montagna.

Usina da Amaggi, em Lucas do Rio Verde tem capacidade para produzir  368 m³ mil  de biodiesel por ano

A negociação dos 350 caminhões Scania foi intermediada pela Rota Oeste Veículos. A concessionária será também a responsável pelo suporte diário para as operações do cliente.  “A parceria com a Amaggi vai além dos negócios, é uma jornada rumo ao futuro do agronegócio sustentável”, diz Paulo Burjaili, diretor de Vendas da Rota Oeste.

Combustível produzido a partir de fontes renováveis

Biodegradável e sustentável, o biodiesel é um tipo de combustível produzido a partir de fontes renováveis; no caso da Amaggi, do óleo de soja. A unidade opera uma esmagadora de grãos com capacidade estimada de produzir 368 mil m³ de biodiesel por ano. O uso do biodiesel está associado à redução de emissão de gases de efeito estufa, quando comparado ao uso de combustíveis fósseis, como óleo diesel e gasolina.