Volkswagen lança nova geração de chassis Volksbus

770

A Volkswagen lançou a nova geração de chassis Volksbus com atualizações para garantir maior  eficiência, conforto e segurança especialmente para passageiros e o motorista.

Os novos produtos foram apresentados nesta terça-feira (23 de maio) com novidades na motorização, transmissão, suspensão, entre-eixos e também no quesito economia de combustível.

A nova geração Volksbus é formada por oito modelos que se convertem em mais de 50 versões para atender às diferentes demandas de transporte de pessoas nas cidades, rodovias e zona rural.  São três chassis Mini/Micro (8.180/R, três com motor dianteiro (15.210/S/R, 17.230/S e 17.260/S) e dois rodoviários (18.320 SL e 18.320 SH) com motor traseiro.

Nova família de chassis Volksbus conta com oito modelos que se desdobram em mais de 50 versões

Os chassis Mini/Micro (8.180/R, 9.180/S e 11.180/R/S) são equipados com motor ISF de 3.8 litros, 4 cilindros, 180cv de potência e transmissão manual de seis velocidades. Os modelos são disponíveis nas versões rural, urbano, fretamento e escolar, com respectivas carrocerias de 8 metros e 20 passageiros sentados; 10 metros para 20 passageiros e de 11 metros a partir de 38 passageiros.

Já modelos urbanos (15.210/ S/R e 17.230/S) são movidos pelo motor dianteiro D08 de 5 litros e quatro cilindros. São disponíveis nas potências de 210 e 230cv respectivamente. A transmissão é manual de seis velocidades com opção para automática de oito e suspensão pneumática que abaixa o chassi em até 100mm.

Segundo a engenharia da fábrica, havendo necessidade de reparo da suspensão pneumática a bolsa pode ser substituida em poucos minutos. Já a suspensão metálica dos novos chassis conta com lâminas de aço mais reforçadas que a da geração anterior.

CHASSIS

O chassi 15.210/ S/R urbano pode receber carroceria de 12 metros e transportar até 38 passageiros sentados. A versão 17.230/S reúne os mesmos itens e opções, no entanto pode receber carroceria de até 13,6 metros para o transporte total de 42 passageiros.

O 17.260/S, por sua vez, utiliza o motor D08 na versão de 7 litros, seis cilindros e 260cv a 950 Nm de torque. Esse modelo conta com caixa de câmbio manual de seis velocidades e opções para transmissão automática de 8 e suspensão pneumática.

Esse modelo pode receber carroceria  de 13,6 metros para transportar 48 passageiros. Já os dois chassis para aplicação de fretamento e rodoviário são equipados com motor traseiro D08 de 7 litros que entrega 320cv e 1.200Nm de torque.

Nova geração tem três modelos nas versões rural, urbano, escolar e fretamento; três urbanos com motor dianteiro, e duas com motor traseiro para fretamento e rodoviário

Os chassis Volksbus da nova geração contam com itens de série de segurança ativa como o Controle de Estabilidade (ESC), Controle de Tração (ATC), Controle de partida em Rampa, ABS, EBD e Door Brake, sistema que impede o veículo de trafegar com porta aberta. 

Essa nova família traz destaques também em quesitos relacionados ao conforto e produtividade do motorista, como a alavanca de câmbio manual está posicionada no painel. Outro item destacado pelo diretor de engenharia, Rodrigo Chaves, é o sistema que avisa o motorista o momento ideal para executar a troca de marcha para cima ou para baixo.

No caso da transmissão automática, cujo seletor de marchas está integrado à coluna de direção, a engenharia da fábrica da Volkswagen diz que essa opção possibita economia de combustível de até 10%. A direção também recebeu melhorias e exige 30% menos de esforço em relação à geração anterior.  E o volante multifuncional tem coluna de direção ajustável.

Os novos chassis permitem cinco medidas de entre-eixos e trazem detalhes como portas instaladas do lado direito ou do esquerdo e sistema de pós-tratamento de gases ao lado de dentro do chassi. 

A família Volksbus conta com mais de 70 funções que monitoram o veículo e ranqueiam o modo de condução. A relação de itens avaliados inclui o uso do freio e trocas de marcha, entre outros. De acordo com o vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-vendas, Ricardo Alouche, a nova geração nasceu sob medida para conectar com os sistemas de transporte.

Ele acrescentou que a Volkswagen fez uma junta consultiva com clientes para se chegar ao produto mais adequado. Alouche lembrou que essa estratégia já havia sido realizada em 1993 quando a Volkswagen lançou o primeiro chassi Volksbus, e que o novo 18.320 SH nasceu totalmente remodelado para fretamento e operações rodoviárias. “Essa é a melhor família Volksbus da história”, finalizou o executivo.

(mais detalhes da nova linha Volksbus estarão na matéria que será publicada na edição 208 da revista Transporte Mundial de junho).