Conforto: Marcopolo desenvolve poltrona antissono

80

A tarefa de dirigir veículos, mesmo que o condutor ame o que faça, é extremamente cansativa. Para atenuar o desconforto sentido durante longas viagens, a encarroçadora brasileira, Marcopolo, em parceria com o CEMSA (Centro Multidisciplinar de Sonolência e Acidentes e a Woodbridge) desenvolveu uma poltrona antissono para os seus ônibus.


O equipamento chamado de Antisleep seat foi criado no MIC (Centro de Inovação, em português) e tem o objetivo de prolongar o estado de atenção dos motoristas; retardando, assim, as fases de fadiga e sonolência ao volante. Para cumprir seus objetivos, a poltrona recebe dispositivos de distração mecânica e fisiológica que atuam por áudio, vibração eletromecânica e estresse térmico (variação entre temperaturas, que amplifica o estado de alerta.

Segundo a fabricante, um módulo integrado à poltrona colhe, através de sensores, diversos dados sobre a fadiga do condutor, e define o melhor estilo de distração para a situação. Os testes finais e apresentação da poltrona a clientes e possíveis operadores estão previstos para ocorrer entre o final de 2016 e início de 2017.