Volare apresenta conceito inovador para o transporte

176

A Volare apresentou uma alternativa para o transporte de passageiro: o Volare Cinco, modelo de 5 t que tem a proposta de preencher uma lacuna que existe entre a van e o ônibus. A novidade possui maior capacidade em relação a uma van, mas traz as características construtivas, como a robustez, de um ônibus. 


Uma característica do modelo é ter chassi e carroceria produzidos de forma integral. Por causa dessas particularidades, o Cinco tem um design um pouco diferente dos demais modelos produzidos pela marca, contudo, até o seu lançamento oficial, previsto para até o final do primeiro semestre, seu desenho poderá ser alterado. Segundo Roberto Poloni, diretor de engenharia e design da empresa, com a chegada do Cinco, a Volare quer entrar num segmento que ainda não participava. Os executivos da fabricante brasileira afirmam que o Cinco deve ser considerado um veículo compacto, mas tecnicamente ele vai operar no segmento de micro-ônibus. 

O veículo, que possui rodado duplo, é equipado com motor Cummins ISF, de 150 cv de potência e 36,7 mkgf de torque. Trata-se de um motor de 2,8 litros e 4 cilindros em linha. A transmissão é Eaton de 5 velocidades. O modelo atenderá o transporte de fretamento, turismo e escolar, tendo opções de 13, 16 e 20 lugares.

No futuro, após o seu lançamento, a Volare não descarta a hipótese de uma versão Premium para atuar no transporte executivo. O Cinco será fabricado na fábrica da Volare localizada em São Mateus, no Espírito Santo. Segundo Poloni, os resultados dos testes realizados com dez protótipos estão a contento, mas até o seu lançamento pode haver alterções de design e até de acabamento. Sua altura interna é de 1 930 mm, e a largura interna de 1 900 mm o coloca em vantagem quando o assunto é espaço interno, especialmente se comparado às vans.

Com estrutura tubular, como a dos ônibus, o Cinco é uma opção mais robusta e que ao mesmo tempo entrega algumas sofisticações de uma van. Ele será oferecido de fábrica equipado com rádio que integra GPS e DVD, entrada USB e câmera de ré. 

Outra novidade inspirada nos automóveis é a abertura da porta pantográfica e do bagageiro com a chave a distância.
De acordo com Poloni, a concepção do veículo foi feita com base em entrevistas com clientes e pesquisas de mercado. Notou-se que a preocupação maior era com o bem-estar do motorista, por isso, para o desenvolvimento do Cinco, as vans de passageiros existentes no mertcado serviram de inspiração.


“Notamos que o mercado quer um veículo que traga o melhor do conforto da van com as características operacionais de um micro-ônibus. E nossa expertise na produção de micro e miniônibus nos permitiu desenvolver um produto inovador. Trata-se de um novo conceito no segmento de transporte de passageiros”, define.