Motorização “hermana”

65

Processo de usinagem começou a ser realizada em 2014 na Argentina

Processo de usinagem começou a ser realizada em 2014 na Argentina

A fabricante de motores FPT Industrial transferiu para a sua planta de Córdoba, Argentina, a execução da usinagem do bloco e do cabeçote do motor, que anteriormente era realizada na unidade francesa da marca, em Bourbon-Lancy. A fábrica em Córdoba foi inaugurada em 2012, e de acordo com a FPT, para atender o novo processo interno (usinagem), foram contratados cerca de 40 novos funcionários diretos e indiretos.

O objetivo da operação, que começou em 2013, era de otimizar os processos logísticos e fortalecer a origem e qualidade dos produtos da FPT Industrial na América Latina. Para isso, foram adquiridos equipamentos específicos para montar o cabeçote e o bloco do motor, lavadoras de alta pressão (que tiram as impurezas do bloco e do cabeçote antes da montagem final) e equipamentos de teste e medição, que são responsáveis pela verificação dimensional e avalia se o tamanho e a espessura dos motores estão de acordo com as especificações do projeto do produto.

O processo de usinagem começou a ser realizada na planta da Argentina no fim de 2014. Atualmente, são produzidos motores com a tecnologia de alta pressão (que retira as impurezas dos componentes internos do motor), o que possibilita que, na última etapa da operação da usinagem, o acabamento do motor seja feito sem que seja necessário girar o bloco completo – uma vantagem operacional frente à concorrência. De acordo com a fabricante, em outras montadoras, este procedimento é feito em partes, o que pode causar erro na medição e demora no processo.

Modelos Cursor 9 e Cursor 13 são produzidos na planta
Para Izidro Penatti, diretor da planta de Sete Lagoas (MG), da FPT Industrial na América Latina, “houve alterações e melhorias em toda a cadeia de produção trazidas pela usinagem interna, além de uma prática de gestão mais eficiente na fábrica”.

A FPT Industrial argentina produz os motores da família Cursor na planta de Córdoba. A família de motores é composta pelos, presentes em caminhões pesados e extrapesados.