Mais flexibilidade e menos juros na compra de caminhões

484

Entre as novidades apresentadas pelo Banco Mercedes-Benz na 22ª edição da Fenatran estão duas novas modalidades de CDC (Crédito Direto ao Consumidor). São elas, o CDC Flexibility para caminhões novos e usados; e o CDC Decrescente para veículos comerciais e de passeio.

CDC Flexibility
Esta modalidade tem o objetivo de garantir mais flexibilidade na compra dos modelos Atego e Accelo 0km. Também está disponível para caminhões seminovos da SelecTrucks. Neste caso, o cliente contrata o financiamento com uma entrada mínima, parcelas fixas mensais reduzidas ao longo do contrato e uma parcela final correspondente ao valor de recompra do bem.

O produto conta com prazos de 24 a 60 meses para veículos 0 km, com entrada mínima de 20% para pessoa física e 10% para pessoa jurídica. Para veículos seminovos, o prazo é de 36 meses, com entrada mínima de 30% para pessoas físicas e jurídicas.

O destaque deste produto fica por conta das parcelas reduzidas em relação ao CDC tradicional, além da flexibilidade oferecida ao cliente, que possui a opção de devolver o veículo ao final do contrato graças à recompra garantida ou, se preferir, pode optar por ficar com o veículo, bastando quitar a parcela final.

“Com o aumento crescente da participação do CDC no segmento de veículos comerciais desde o ano passado, devido às quedas sucessivas nas taxas de juros e à agilidade na contratação do produto, investimos na criação de mais uma modalidade de CDC para ampliar o leque de opções aos clientes da marca. No CDC Flexibility, as parcelas chegam a ser até 55% menores que a de um CDC tradicional”, comenta Diego Marin, diretor Comercial do Banco Mercedes-Benz.

CDC Decrescente
Com parcelas que vão ficando menores a cada mês, o CDC Decrescente possibilita um desembolso ainda menor para o cliente, que pagará menos juros no valor total do contrato em comparação ao CDC tradicional. O produto conta com o mesmo sistema de amortização constante do Finame, com parcelas decrescentes ao longo do contrato.

“A vantagem do CDC Decrescente é que, pelo fato de ser um produto de CDC, tem condições mais flexíveis de financiamento e mais agilidade na contratação, sendo uma alternativa muito interessante principalmente para clientes de caminhões e ônibus que já estão acostumados ao sistema de parcelas decrescentes”, afirma Cristina Rensi, gerente de Marketing e Produtos do Banco Mercedes-Benz.

Esta modalidade de crédito está disponível para todos os veículos comerciais e de passeio 0km da Mercedes-Benz. Os prazos de financiamento estão entre 3 e 60 meses e a entrada mínima é de 20% para pessoa física e 10% para pessoa jurídica.