Banco Randon lança linha de crédito para financiamento do e-Sys

239

O Banco Randon, por meio de uma nova linha de crédito de baixo carbono, vai financiar aquisição da solução de eletromobilidade e-Sys, da Suspensys (empresa do Grupo Randon). Ou seja, sistema auxiliar de tração elétrico lançado na Fenatran de 2022 pela marca.

Embora a Randon não revele quantas unidades já rodam no mercado, sabe-se que há implementos rodando com esse sistema no Brasil e também no Chile. Seja como for, com a novidade, a companhia projeta vender neste ano 50 unidades do e-Sys no País. 

Para isso, por meio do financiamento a marca quer levar ao mercado um produto “com custo, taxas e condições que estimulem a adoção da tecnologia mais sustentável”.

 “Ficamos satisfeitos em poder oferecer um produto que vai contribuir ainda mais com o avanço no desenvolvimento de soluções em eletromobilidade. Assim, apoiando também, cada vez mais, o desenvolvimento de uma economia sustentável com resultados positivos para sociedade como um todo”, diz David Felix, diretor do Banco Randon.

e-Sys

Randon
Randon quer vender 50 unidades do e-Sys neste ano

Seja como for, o sistema de tração auxiliar elétrico e-Sys oferece um conceito inovador e sustentável que conta com um algoritmo inteligente especialmente criado para avaliar as condições de operação e uso. Assim, atuando na recuperação de energia gerada durante movimentos de descida e frenagem para momentos de necessidade de tração como subidas e ultrapassagens.

Esse módulo inteligente faz com que o motor passe a trabalhar como gerador. Recuperando a energia cinética e armazenando-a em baterias que alimentam o motor elétrico.

Dependendo da aplicação, condição de carregamento e da estrada percorrida, a economia de combustível pode chegar a 25%. Ou seja, melhora significativamente os resultados para a operação com a redução do TCO (custo total de operação) do conjunto.

Além disso, proporciona o menor desgaste dos componentes e contribui para a menor emissão de gases no meio ambiente. A tecnologia também é versátil, pois pode ser aplicada tanto em semirreboques, como em outros modelos de veículos pesados. Incluindo implementos para uso agrícola.

Sobre a linha de crédito

A linha opera nos moldes do BNDES Finame-Baixo Carbono, que fornece crédito para aquisição e comercialização de sistemas. O que inclui máquinas e equipamentos com maiores índices de eficiência energética ou que contribuam para redução da emissão de gases de efeito estufa.

O diferencial desta linha de crédito é que o Banco Randon atuará diretamente na operação. Dessa forma, facilitando taxas e condições exclusivas para financiamento do componente, também com foco em estimular os clientes.