Indústria projeta crescimento de 15,3% nas vendas de veículos pesados em 2019

384
Além do esperado segmento do agronegócio, a mineração é um dos setores que impulsinou as vendas de caminhões em 2018. Foto: Arquivo/MB

A Anfavea (associação das montadoras de veículos) projetou um crescimento de 15,3% as vendas de veículos pesados para este ano. “Isso representa cerca de 105 mil unidades, sendo 88 mil caminhões e 17 ônibus”, informa Luiz Carlos Moraes, vice-presidente da entidade e diretor de relações institucionais e comunicação da Mercedes-Benz do Brasil.

Em 2018, as vendas cresceram 46,3% em caminhões (75.987 x 51.941, volume de 2017) e 28,3% em ônibus (15.081 x 11.755). Segundo o executivo, assim como foi o de 2018, neste ano os setores do agronegócio e mineração continuarão puxando o crescimento.

Esses segmentos ajudaram muito no crescimento dos segmentos de caminhões pesados (85,5%). Moraes acredita que quando a atividade econômica da indústria, comércio e serviços reagirem a retomada econômica, os outros segmentos irão crescer também.

TRANSPORTE MUNDIAL VERSÃO DIGITAL

Sabia que a mesma versão da revista TRANSPORTE MUNDIAL impressa pode ser lida por meio de assinatura nas bancas digitais UOL (nuvem do jornaleiro) e GoRead? É possivel também acessar edições anteriores. Além da nossa revista, você pode acessar dezenas de outros títulos com uma única assinatura, com muito conteúdo e entretenimento para ficar bem informado em diversas áreas do conhecimento. 

 

 

Leia também:

As seis melhores avaliações de 2018

Daimler Truck bate recorde mundial em vendas de caminhões

Compartilhar
Marcos Villela
Jornalista técnico e repórter especial no site e na revista Transporte Mundial. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia e O Debate, ambos de Belo Horizonte (MG).