Produção de caminhões cresce 19,7% no primeiro trimestre

214

O mercado de caminhões no Brasil começa a voltar à normalidade, após um período de se ajustar à troca de tecnologias, Euro 5 para a Euro 6. Assim,  a produção de caminhões começa a crescer.

Dessa forma, neste primeiro trimestre houve avanço na produção em 19,7%. Ou seja, de janeiro a março deste ano, os fabricantes produziram 29,3 mil caminhões. Enquanto que em igual período em 2023, a indústria fabricou 24,5 mil. Os resultados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

LEIA TAMBÉM: Emplacamento de caminhões tem queda de 5,61%

Ainda é possível ver crescimento no mês a mês. Ou seja, quando se compara março com fevereiro. Em outras palavras, no mês passado foram feitos 11,2 mil caminhões. Enquanto que em fevereiro, as fabricantes produziram 10,2 mil. Ou seja, crescimento de 10,5%

Queda pontual

Todavia, o setor apresentou retração de 8,9% em março deste ano com relação ao mesmo mês no ano passado. Ou seja, em março do ano passado, as montadoras fabricaram 12,3 mil caminhões.

Nesse sentido, o vice-presidente da Anfavea, Eduardo Freitas, diz que foi uma retração pontual. No ano passado, muitas fabricantes pararam sua produção nos dois primeiros meses do ano. Assim, concentrando tudo em março.

Produção de caminhões
Produção de caminhões volta aos níveis considerados positivos pela indústria

Produção de ônibus cresce 61,6%

Do mesmo modo, para a Anfavea o setor de ônibus também mostra recuperação. De janeiro a março, as marcas fizeram 6,5 ônibus. Ou seja, 61,6% a mais em relação ao mesmo período em 2023, quando fabricaram 4 mil unidades.

Conforme a Anfavea, tais números são resultado do Programa Caminho da Escola, que vai demandar mais de 13 mil veículos da indústria. Do mesmo modo, o ano eleitoral vai ajudar a impulsionar as vendas.