Transit inaugura segmento de vans automáticas no Brasil

501

A Ford está  lançando a Transit automática, a primeira linha de large vans no mercado brasileiro a contar com essa solução. Entre as vantagens dos novos veículos, a Ford destaca a facilidade de condução e a redução de custo operacionais entre outros quesitos. Das  quatro novas versões, três atendem ao transporte de passageiros e uma o carga, entre outras aplicações. 

Outra novidade é o Ford Pro, uma estrutura global da marca para atendimento de veículos comeriais de clientes da marca. A proposta é oferecer soluções completas para  veículos comerciais da marca na rede. Atualmente, são mais 100 pontos de atendimento no território nacional.

 Linha automática disponibiliza Furgão Van, Minibus Vidrada, Minibus 14+1 e Minibus 17+1

A caixa automática da Transit conta com 10 velocidades. É a mesma utilizada pela Ford em suas picapes e já acumula mais de 6 milhões de quilômetros rodados. No entanto, na linha de vans a unidade chega com uma calibração própria e novo escalonamento de marchas.

Já o  motor é o mesmo de 165cv a 3.500rpm e torque 39,7 kgmf na faixa de giro entre 1.750 e 2.750 rpm, já utilizado pelas versões mecânicas.

A linha automática é disponibilizada nas opções Furgão Van (com 12,4m³ de espaço de carga), Minibus Vidrada, Minibus 14+1 e Minibus 17+1 (esta última com rodado traseiro duplo).

E-commerce

De acordo com o Diretor de Veículos Comerciais Ford América do Sul, Guillermo Lastra, acima de tudo, o crescimento do e-commerce trouxe uma grande a busca por motorista e muitas vezes o candidato não tem ainda o preparo desejado pelo frotista.

Painel de instrumentos e demais itens da cabine são os mesmos da versão mecânica 

Conforme afirmou, a Transit automática vem de encontro sobretudo a essa realidade, primordialmente porque faltam de profissionais treinados é um dos problemas principais enfrentados atualmente pelos frotistas.

Lastra acrescentou que a caixa automática não só livra o motorista de milhares de trocas de marchas durante o turno de trabalho, como também reduz paradas de manutenção. Acrescentou que a primeira troca de óleo da transmissão ocorre somente aos 250 mil quilômetros rodados.

Como na Europa e EUA

O Vice-Presidente da Ford América do Sul, Rogélio Golfarb está bastante confiante na aceitação da Transit automática no Brasil. A princípio, ele acredita em um sucesso parecido como ocorre na Europa e nos Estados Unidos, acima de tudo no no que diz respeito à redução do custo de operação.

Minibus automática é disponibilizada nas opções para o transporte de 14+1 e 17+1

Atualmente a linha Transit lidera o mercado de vans em ambos os mercados internacionais, incluindo as versões mecânica, automática e elétrica. O executivo adiantou que a versão automática não terá preço superior ao dos modelos mecânicos da concorrência. 

Os novos veículos dão sequência ao movimento da Ford de retorno ao mercado de large vans. A jornada começou em setembro de 2021 com início da produção no Uruguai e o lançamento no Brasil da Transit Minibus em outubro do mesmo ano.

Em abril de 2022 a empresa lançou a versão Furgão e já em novembro iniciou o programa da E-Transit com grandes frotistas. Os planos da Ford para a Transit no Brasil incluem ainda o lançamento da versão chassi-cabine (para esse ano) e a E-Transit.

Diferenciais

A empresa aposta  também em outros diferenciais da linha Transit para atingir seus objetivos no mercado brasileiro. Um deles, e o mais destacado pelos executivos, é modem integrado à arquitetura eletrônica.

A conectividade integrada da Transit é capaz de detectar mais de 3.000 tipos de alertas de funcionamento do veículo através da luz indicativa no painel e mensagem no aplicativo FordPass.

Conectividade  da Transit detecta mais de 3.000 tipos de alertas de funcionamento do veículo

O aplicativo permite que todos os comandos do veículo sejam disponibilizados no telefone celular. Do mesmo , bem como conferência de quilometragem, do nível de combustível e localização remota do veículo, além de agendar e acompanhar serviços online e receber relatórios mensais com indicadores de consumo de combustível, de Arla 32 e distâncias percorridas.

Em abril de 2022 a empresa lançou a versão Furgão e já em novembro iniciou o programa da E-Transit com grandes frotistas. Os planos da Ford para a Transit no Brasil incluem ainda o lançamento da versão chassi-cabine (para esse ano) e a E-Transit.

Test Drive

A Transit automática mostrou grande potencial para a Ford a atingir seus objetivos. Em test drive realizado percurso cidade/estrada de aproximadamente 80 quilômetros, o veículo mostrou o desempenho da caixa.

Direção com assistência elétrica é um dos quesitos que tornam a dirigibilidades da Transit mais leve  

Também merece ser destacada a excelente harmonia entre a transmissão e o motor, bem como o bom escalonamento proporcionado pelas 10 velocidades. Além das respostas rápidas que tornam o veículo bastante ágil, principalmente nas saídas, as trocas de marchas são imperceptíveis.

A direção com assistência elétrica, por sua vez torna a dirigibilidade muito leve e silenciosa, igual a de um carro de passeio. Bom para quem dirige o dia todo, mas sem esquecer que se trata de um veículo comercial. Isso significa apresentar reduzidos custos de operação.