Bernd Barth, presidente do Banco Mercedes-Benz no Brasil

Está pensando em financiar caminhões ou ônibus este ano? Se você da marca Mercedes-Benz, veja o balanço e perspectivas feita pelo presidente do Banco Mercedes-Benz no Brasil,Bernd Barth. Pelos resultados de 2016, o banco da montadora alemã mostra bastante autoridade em conquistar clientes. Ele passou da posição de sexto maior banco no financiamento de clientes com recursos do BNDES Finame para o primeiro lugar, ultrapassando os bancos Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Banco Volkswagen.

Enquanto o mercado de caminhões retraiu mais de 30% em 2016 e os repasses do BNDES para o Finame caíram de R$ 23,046 bilhões (em 2015) para R$ 9,694 bilhões (em 2016). Deste total, no ano passado, o Banco Mercedes-Benz foi responsável pelo repasse de R$ 1,56 bilhão ou 2,6% a mais do que em 2015, quando foi de R$ 1,52 bilhão. Isso representou o financiamento de 11.473 veículos pesados. O maior crescimento foi no segmento de ônibus, com avanço de 62%, subindo R$ 284,8 milhões (2015) para R$ 461,5 milhões (2016) em repasses do Finame.

Segundo Bernd Barth, não podemos esperar por milagre este ano, mas devemos começar uma recuperação a partir do segundo semestre.

Reestruturação da diretoria

Diego Marin, diretor comercial

Com a saída do executivo Angel Martinez, contratado para ser o diretor executivo de vendas e marketing da Hyundai no Brasil no ano passado, o Banco Mercedes-Benz do Brasil reestruturou a sua diretoria. Para o lugar de Martinez, transferiu o executivo Diego Martin da diretoria de crédito para diretoria comercial. Diego Marin está no Grupo Daimler desde 2007 e entrou na empresa a partir da sua cidade natal, Buenos Aires, na Argentina. Com formação em contabilidade e MBA em Negócios Administrativos, Marin está no Brasil desde o segundo semestre de 2012.

Marcelo Festucia, diretor de crédito

Com a ida de Diego Marin para o comercial, Marcelo Festucia assumiu a diretoria de crédito. Graduado em administração de empresas e com pós-graduação em Finanças e MBA em gestão empresarial, Festucia ingressou no Banco Mercedes-Benz em 2014 e atua no mercado financeiro há mais de 20 anos, inclusive em outras instituições do setor automotivo, como Randon e Scania.

Diego Novellino, diretor financeiro

Outra alteração do banco da montadora alemã foi na diretoria financeira, tendo assumido o cargo o argentino Diego Novellino. Graduado em ciências contábeis e com MBA em finanças, o executivo traz passagens por diversas entidades financeiras da Daimler, como na Argentina, Alemanha e Espanha.

Tatiana Silva, diretora de operações

A quarta e última alteração na diretoria do banco foi na área de operações, tendo assumido como diretora a executiva Tatiana Yokayama e Silva. Ela é formada em ciências econômicas pela Unesp, MBA em finanças corporativas e está há 13 anos no Banco Mercedes-Benz.

Compartilhar
Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia, de Belo Horizonte (MG).