Dirigimos a Transit elétrica que já está à venda no Brasil

199

Dirigimos a Transit elétrica que já está à venda no Brasil. Anunciada pela Ford no segundo semestre do ano passado, seguido de testes com clientes, a E-Transit está à disposição do mercado desde o final de fevereiro. De acordo com a empresa, até meados de abril foram comercializadas 300 unidades do Furgão.

Dirigibilidade da E-Transit no tráfego urbano

A dirigibilidade da E-Transit no tráfego urbano é fácil e agradável, sobretudo pela performance e desempenho apresentados. O motor elétrico de 198 Kw (instalado no eixo traseiro de tração) entrega o equivalente a 269cv de potência com torque instantâneo de 430Nm (43,8 Kgfm), mas do que suficiente para atender a categoria.

Linha E-Transit conta furgão com cinco diferentes tamanhos e capacidade de carga e duas versões do chassi cabine

A aceleração rápida e silenciosa torna a condução fácil no meio dos veículos no transito urbano. Além da agilidade e conforto, a E-Transit disponibiliza os modos de condução Normal, Econômico e Escorregadio). Sensores ao redor do veículo também contribuem para uma direção mais segura.

O veículo traz de série itens como central multimidia SYNC 4 de 12 polegadas, freio de estacionamento eletrônico com a função auto-hold (acionamento automaticamente após a parada do veículo), piloto automático adaptativo, monitoramento de ponto cego e câmera 360 graus.

E-Transit conta com várias tecnologias embarcadas

A E-Transit conta com várias tecnologias embarcadas. Entre elas ganham destaque o assistente de frenagem automática autônoma à frente e à ré, o assistente de permanência em faixa, controle eletrônico de estabilidade e sensor de monitoramento dos pneus. A relação inclui também sistema de tráfego cruzado que detecta a aproximação de veículos na parte de trás quando a marcha à ré esta acionada. Conectividade de fábrica também é destaque no veículo.

A Transit elétrica chega ao mercado brasileiro com 3 anos de garantia/ 100mil km para o veículo e 8 anos/160 mil km para a bateria. Os furgões concorrentes na categoria são o BYD ET3, JAC IEV 750VE, Renault Kangoo, Fiat eScudo, Citroën Jumpy e Peugeot Expert).

Capacidade volumétrica para 15,1m³ 

A E-Transit tem capacidade volumétrica para até 15,1m² e tração no eixo traseiro. Exceto o JAC, todos os demais têm capacidade volumétrica abaixo de 6,1m³ e tração dianteira. Acima de 15m³ estão os caminhões leves Foton iBlue, JAC iev1200T e VW eDelivery.

O furgão E-Transit tem 2,47m de largura e três diferentes comprimentos: L2H2 350: 5,53m (Teto Médio) para 9,5m³ e carga últi máxima 851kg; L2H3 350: 5,98m (Teto Alto) para 10,7m³ e carga útil de 813kg; L3H2 350: 5,98m (Teto Médio) para 11m³ e carga útil de 816kg; L3H3 350: 5,98m (Teto Alto) para  12,4m³, carga útil de 781kg e a L4H3 350: 6,70m (Extra Longa, Teto Alto) para 15,1m³ e carga útil 644kg.

Chassi cabine

A versão chassi cabine, por sua vez, é disponibilizada nas versões extralonga L4H1 350, para 1.188kg de carga útil e a L4H1 425 para 1938kg. Ambas têm comprimento de 6,57m, altura externa de 2,21m e 2,47m de largura e, diferente da versão a diesel, o rodado do eixo traseiro é simples.

Os preços anunciados pela Ford são a partir de R$ 542 mil para o furgão eo chassi-cabine 3,5t e R$  562 mil para a versão 4,2t. Os correspondentes com motor a diesel custam respectivamente R$ 280 mil e R$ 288 mil.

Ainda de acordo com a Ford, a curto prazo os primeiros clientes da E-Transit são grandes empresas e o governo. A fabricante diz que as compras de  de vans elétricas são motivadas pela redução de custos operacionais, emissões e atendimento às políticas de ESG. Para a Ford, transportadoras menores e consumidores do varejo são clientes que comprarão depois, a médio e longo prazos. 

Motor elétrico de 198 Kw (equivalente a 269cv) é instalado sobre o eixo de tração. A bateria pesa 450kg e garante autonomia de 260 km. No chassi cabine é instalada sob a plataforma de carga; na van sob o assoalho

A E-Transit comercializada no Brasil é importada da Turquia, que também atende toda a Europa. Já os mercados dos Estados Unidos, Canadá e México são atendidos pela fábrica da Ford no Kansas (EUA). Desde o lançamento da E-Transit, a Ford contabiliza a venda de mais de 3 mil unidades em nível global, sendo os principais mercados América do Norte, Europa e América do Sul