ANTT autoriza reajuste

47

Cobrança ainda não está em vigor

Cobrança ainda não está em vigor

Apesar de toda a tensão entre governo e caminhoneiros grevistas, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) acaba de aprovar uma revisão tarifária de pedágio.

A medida atinge as BRs-060/153/262, que cortam os estados do Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais. Os trechos foram concedidos à iniciativa privada em março de 2014, quando o governo licitou a 3ª etapa do programa de concessões rodoviárias. A Concebra é a concessionária responsável pelos trechos e terá de realizar obras de duplicação em alguns pontos das rodovias.

O acréscimo autorizado pela agência foi de 2,33% e a nova tarifa passa de R$ 0,028 para R$ 0,029 por cada quilômetro percorrido. Vale ressaltar que a cobrança ainda não está em vigor, a concessionária só pode começar a cobrar quando 10% da extensão prevista para duplicação estiver finalizada e as praças de pedágio operando. O trecho possui 1176,5 quilômetros de extensão, e a concessionária poderá explora-lo por 30 anos.