Transportadoras têm até o dia 26 para revalidar RNTRC

149

No dia 26 de fevereiro, termina o prazo para as transportadoras realizarem a revalidação do Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC). Ou seja, a revalidação é um processo solicitado pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), para atualização dos dados referentes ao serviço prestado pelos transportadores brasileiros.

LEIA TAMBÉM: Mercedes-Benz anuncia serviço de locação de caminhões e ônibus

Entre as informações que precisam ser atualizadas estão os dados cadastrais dos transportadores. Do mesmo modo, dados dos veículos que compõem a frota. Além de eventuais regularizações. Caso o transportador não a realize, estará sujeito a multas. Inclusive pode ser impedido de prestar serviço.

Seja como for, o transportador pode verificar sua situação cadastral por meio do site Consulta Pública, da ANTT. Dessa forma, se necessário pode dar andamento ao processo de regularização.

Sindicatos podem apoiar os transportadores

Para incentivar os transportadores a realizarem a revalidação e auxiliar no processo, o Setcepar em parceria com o Sistema Fetranspar promove uma campanha inédita de orientação para a categoria: Chegou a hora de revalidar o RNTRC! 

Assim, além de destacar o prazo para o processo, a entidade ainda alerta sobre a maneira correta para a realização do procedimento. Um dos principais esclarecimentos que a campanha faz é que entidades, como o Setcepar, estão credenciadas e autorizadas a realizar todo o processo. Sem a necessidade de intermediários.

Conforme as entidades, os atravessadores representam um risco aos transportadores. Afinal, podem realizar cobranças indevidas e têm acesso a dados sensíveis das empresas.

Nesse sentido, no Paraná todos os nove sindicatos associados ao Sistema Fetranspar estão aptos a atender as demandas. Assim como dar suporte para que as empresas façam sua revalidação com total segurança. Na Região de Curitiba, a orientação é buscar as equipes do Setcepar que estão aptas a dar todo o suporte.

“Deixar de realizar a revalidação do RNTRC gera uma série de transtornos para o transportador. Por isso, é fundamental fazer o procedimento dentro do prazo”, diz o presidente do Setcepar, Silvio Kasnodzei.