O caminhão mais vendido hoje no Brasil era importado há 30 anos

7772

O caminhão mais vendido hoje no Brasil era importado há 30 anos. O veículo começou a fazer sucesso entre os transportadores antes mesmo de ser produzido no Paraná. Estamos falando do Volvo FH, modelo que está completando 30 anos de Brasil desde o anúncio oficial de sua chegada às rodovias brasileiras.

O Volvo FH importado começou a ser vendido no Brasil em 1994

A Volvo aproveitou a abertura das importações, ocorrida em 1991, para trazer ao Brasil modelo fabricado na Suécia. O FH 12 380 era um produto recente também no mercado europeu, porém já gozava de boa reputação. Aqui no Brasil, foi o primeiro caminhão da marca com cabine avançada e responsável pela introdução de várias tecnologias.

Vendas acima das expectativas

A expectativa inicial era vender 500 unidades no primeiro ano. No entanto, antes de encerrar o mês de abril de 1994, a rede de concessionários já tinha mais de 400 pedidos em carteira. O número ultrapassava a expectativa estabelecida pela Volvo.

Na ocasião, a espera normal para receber o FH 12 era de quatro a cinco meses. Além disso, a entrega técnica era acompanhada test-drive seguida de minuciosa explicação sobre o produto e suas tecnologias.

O caminhão era superior ao que se produzia aqui. A cabine avançada e moderna ostentava a palavra Globetrotter (andarilho). O motor de 12 litros era alimentado por injeção eletrônica e a suspensão pneumática e air bag, entre outros quesitos.

A Volvo já estava instalada no Brasil desde 1980, no entanto produzia somente modelos bicudos com a cabine N. Era um projeto de 1940 que vinha recebendo melhorias através dos anos.

A mudança de maior relevância nas cabines com capôs ocorreu em somente em 1996 com o lançamento da linha EDC (Eletronic Diesel Control). Os caminhões  chegaram nas potências de 320, 360 e 410 CV.

Linha EDC tinha motor com gerenciamento eletrônico da injeção

O EDC não era um sistema de injeção como o do FH, mas sim um gerenciador eletrônico da injeção de combustível. A proposta da solução era garantir melhor desempenho, economia de combustível, reduzido custo operacional e menor emissão de poluentes.

Fim da importação e início da produção

A Volvo importou o FH 12 380 até o início da produção em série na fábrica em Curitiba/PR, em 1998. Naquela época, o modelo já estava consolidado mercado brasileiro.https://ocarreteiro.com.br/wp-content/uploads/2018/01/IMG_1792-P.jpg

Vale lembrar que a produção do FH no Brasil não se deve apenas ao sucesso de vendas. O fato é que havia também, por parte da companhia, a estratégia de entrar no mercado global e a possibilidade de utilizar a unidade como polo de produção e exportação.

Afinal, o FH era a plataforma mais moderna do Grupo Volvo e seria a base tecnológica da companhia no futuro.

Linha de produção do Volvo FH atualmente, na fábrica de Curitiba/PR

O mais vendido hoje

Ao longo dos anos, o FH foi sendo atualizado, recebeu novas motorizações, cabines e cada vez mais tecnologias e eletrônica embarcada. Hoje o modelo é o mais vendido no segmento de pesados, há 10 anos; há quatro detém maior número de licenciamento entre todas as categorias.

Segundo a Fenabrave, federação que reúne concessionárias das diversas marcas, o FH encerrou 2022 com 13.448 unidades licenciadas (8.317 FH 540 e 5.171  FH 460). Até o fechamento de junho desse ano, a linha FH encerrou o período com 4.614 unidades, se mantendo a liderança à frente dos concorrentes