Vendas de implementos rodoviários crescem, mas timidamente; veja

74

As vendas de implementos rodoviários aumentaram apenas 2,63%. Ou seja, nos primeiros quatro meses do ano foram emplacados 49.617 equipamentos ante os 48.344 registrados em igual período em 2023. Os dados foram divulgados pela Anfir, entidade que representa as fabricantes.

O segmento pesado, como é de praxe, foi o mais desenvolto. Nesse sentido, o volume de venda de reboques e semirreboques soma 30.154 equipamentos nos primeiros quatro meses deste ano. Ou seja, crescimento de 11% ante as 27.096 unidades registradas em janeiro.

Por outro lado, no segmento leve, carroceria sobre chassi, ocorreu queda nas vendas. Assim, registra 19.463 emplacamentos de janeiro a abril. Enquanto em igual período em 2023, os números apesentados foram de 21.248 unidades. Portanto, retração de 8,4%.

“No início do ano a nossa indústria se beneficiou da força do agronegócio. Com encomendas aquecidas para os produtos que atuam no transporte da produção agrícola”, diz José Carlos Spricigo, presidente Anfir.

Vendas de implementos rodoviários crescem, mas timidamente; confira
Vendas do segmento pesado são positivas

Exportações

Nas exportações também há registro de queda. De janeiro a abril deste ano, o número de implementos rodoviários exportados para outros países caiu 45,21%. Isso significa que no período apenas 715 equipamentos saíram do Brasil. Enquanto que no ano passado, no mesmo período, a indústria vendeu 1.305 unidades a outros países.