Scania mira o Japão

426

 

Com a estratégia de crescer e se tornar cada vez mais competitiva em um mercado de caminhões altamente exigente, como o japonês, a Scania está ampliando o seu portfólio dos veículos oferecidos ao país. Nos últimos cinco anos, a empresa já estava inserida no país por meio dos cavalos mecânicos e, também, do segmento de transporte pesado.
  
Agora, a aposta da marca é por caminhões de chassi rígido, um dos segmentos de mercado que mais geram demanda no país asiático. Nessa estratégia, o primeiro modelo a ser lançado pela marca é o G 410 6×2, com 410 cv de potência e sistema SCR de tratamento de gases.
   . 
“O produto que nós estamos introduzindo tem se saído muito bem na Europa. Estou confiante que a combinação de performance, confiabilidade e ergonomia irá agregar valor aos nossos clientes japoneses”, afirma Johan Lundén, diretor geral da Scania Japão.
  
Em evento recente, a marca convidou clientes, parceiros, potenciais compradores, e revendedores, a testar e conduzir o G 410 na pista Fuji International, tudo organizado por Akiko Watanabe, gerente sênior de marketing da marca.