Isuzu e Honda desenvolvem caminhão a hidrogênio

318

As marcas Isuzu e Honda, maior fabricante de motocicletas, se uniram e desenvolveram o Giga Fuel Cell a hidrogênio. O caminhão foi apresentado no Japan Mobility Show 2023. O evento, realizado em Tóquio na última semana, trouxe novidades do setor automotivo, bem como do segmento de transporte de cargas rodoviário e aéreo.

LEIA TAMBÉM: Scania investe mais de R$ 65 milhões em seu centro de distribuição de peças

Seja como for, o Giga Fuel Cell conta com motor elétrico movido por uma célula de combustível de hidrogênio. Com tecnologia desenvolvida pela Honda.

Assim, o caminhão usa quatro células de combustível de polímero de 103 kW (140 cv) cada. A eletricidade gerada nas baterias alimenta um motor elétrico de 320 kW (435 cv).

Sobre o Giga Fuel Cell

O Giga Fuel Cell é um caminhão rígido 8×4. Ele tem 12 metros (com implemento) e 25 toneladas de capacidade. E seus tanques armazenam 56 kg de hidrogênio a 700 bar de pressão. Dessa forma, o caminhão conta com autonomia de mais de 800 km.  Além disso, conta com a função de saída de energia externa. Ou seja, isso permite que o caminhão sirva como uma estação de energia móvel.

Seja como for, o plano atual das marcas prevê a realização de testes de demonstração em vias públicas já em março do próximo ano. Afinal, a intenção da Isuzu e da Honda é lançar o caminhão até 2027. Seja como for, os primeiros esboços para o desenvolvimento do caminhão tiveram início em 2020. Porém, os impactos da pandemia geraram alguns atrasos.