Iveco vende lote de S-Way movido a biometano e gás natural

375

A Iveco anunciou a venda de 28 caminhões S-Way NG 6×2 movidos a gás natural e biometano para o Grupo Cetric. Os veículos serão entregues ao cliente no decorrer deste ano e vão operar na coleta de resíduos da empresa.

O caminhão S-Way é equipado o motor  FPT Cursor 13 de 460cv de potência. Segundo a Iveco é o  propulsor a gás mais potente do mercado brasileiro atualmente. Ainda de acordo com a montadora, abastecido com 240m³ de gás natural ou biometano comprimido, o veículo com entre eixos de 3.500mm tem autonomia para rodar até 550 quilômetros.  

Iveco S-Way NG é equipado o motor ciclo Otto FPT Cursor 13 e 460cv de potência

Projeto Rota Azul

A montadora informou que a parceria com o Grupo Cetric contempla também o Projeto Rota Azul. Trata-se de uma iniciativa com o objetivo de instalar postos de abastecimento de biometano ao longo da rodovia BR 282/470 em Santa Catarina. O projeto visa a criação de uma infraestrutura para impulsionar o biometano como combustível sustentável.

“Acreditamos muito no gás natural e no biometano como a melhor opção de combustível de transição para o diesel. Temos um forte compromisso com a descarbonização do transporte, e o S-Way NG é parte da estratégia multi energética da marca”, destacou Márcio Querichelli, presidente da IVECO para a América Latina.

Representantes da Iveco e do Grupo Cetric, empresa dona de uma frota com cerca de 250 caminhões da marca

O executivo lembrou que além do S-Way, a Iveco tem também o caminhão Tector NG para rotas mistas e rodoviárias. Querichelli citou também a futura Daily elétrica (eDaily) como a aposta principal da montadora para as operações urbanas livres de emissões.

Foco na descarbonização

Outro produto da marca com o foco na descarbonização do transporte é a Daily Bi-Fuel movida a etanol, biometano (separadamente), além de hidrogênio verde (H2). Essa opção  terá motor FPT F1C Bi-Fuel, e assim como a eDaily também não está ainda disponível. Márcio Querichelli disse ainda  que os testes começarão em breve.

O Grupo Cetric, por sua vez, tem uma frota com cerca de 250 caminhões, dos quais 70% são da marca Iveco incluindo de modelos leves a pesados. O presidente empresa, Gustavo Baldissera, destacou sua satisfação e entusiasmo com a compra dos 28 cavalos mecânicos bem como com o projeto Rota Azul.

“Esse movimento representa um marco na nossa jornada rumo à sustentabilidade, reforçando nosso compromisso em reduzir as emissões de carbono e promover práticas ambientalmente responsáveis”, afirmou Baldissera.