Tecnologias e serviços em evidência na Fenatran

220

A edição 2015 da Fenatran foi morna, marcada pela presença de apenas duas fabricantes de caminhões, o que fez com que a feira fosse chamada de ‘Fenatran dos implementos’. Mas nem só de implementos a feira era composta, inúmeras empresas aproveitaram o evento para demonstrar novas tecnologias e serviços. 

Primeiramente reconhecida por sua gama de alarmes, sons e DVDs automotivos, a Pósitron, marca da PST Electronics, apresentou o RT 180, plataforma desenvolvida para fornecer informações logísticas, de segurança e telemetria à central de monitoramento. O sistema pode ser remotamente controlado, via Bluetooth ou dispositivos Android. Comercializado nas versões Dual e Dual Sat, o rastreador é equipado com a tecnologia antijammer, que detecta e reage a qualquer sinal de interferência proposital (tentativa de roubo), tudo via satélite.

QUATRO EM UM

A Continental levou para a feira o VDO On Board, uma solução completa para gerenciamento de frota, que viabiliza a redução dos custos operacionais, dos quais pneus, combustíveis e manutenção são os mais elevados. Trata-se de uma solução que integra a precisão de todas as informações registradas pelo tacógrafo digital BVDR à tecnologia de telemetria do Rastrear DLD® Evolution, reafirmando a preocupação da fabricante com segurança, tecnologia e inovação.


Um dos aspectos mais atrativos é que essa tecnologia Continental foi desenvolvida para atender os desafios cada vez mais complexos das empresas de transporte e logística, com a possibilidade de realizar a gestão com monitoramento on line, com máxima eficiência.

O sistema atende às regulamentações do Brasil e conta com a base 100% confiável de dados do tacógrafo na geração de informações e arquivamento de dados, atendendo às especificações sobre o gerenciamento do tempo do motorista ao volante por meio da conexão com o hardware de rastreamento e a identificação do motorista a cada início de jornada. A ferramenta também está em conformidade com as normas do INMETRO referentes à lacração e selagem. O produto será comercializado não só no país, mas para a América do Sul.

TERCEIRA GERAÇÃO

A AngelLira, empresa especializada em tecnologias de monitoramento de risco, gestão operacional e controle de jornada de motorista, lançou sua terceira geração da tecnologia Fox 3.0, ferramenta de gestão de frota e jornada de motoristas em um único dispositivo.

A reedição da ferramenta também conhecida como TCA (Terminal de Comunicação AngelLira), com upgrade nos módulos anteriores, possibilita o gerenciamento de trajetos, entregas, relatórios, a carga horária de motorista, mais a inovadora Central de Emergências, com cobertura em todo o Brasil, em solução única.

A novidade da fabricante, a Central Fox de Emergências, atua por 24 horas, cobrindo todo o território nacional e atuando de prontidão em caso de necessidade durante todo o percurso, inclusive no caso de acidente e roubo. O dispositivo controla fatores como desvios de rota, perda de posição, paradas indevidas, bateria do próprio aparelho, entrada e saída em área de risco, como parâmetros para acionar as equipes de segurança e socorro. Outros serviços, como guincho, ambulância, seguro, podem ser acionados pelo motorista através de um botão existente no TCA.

Os conhecidos Módulos Logístico e de Jornada, já validados pelo mercado, integram a ferramenta, agora com layout mais moderno e funcional. Além disso, o dispositivo conta com GPS, transmissão de fotos e vídeos, leitor do código de barras, gerador de planilhas, mapeamento de trânsito com street view e hodômetro. O aparelho possui tela de 5.2’’, trabalha na posição vertical e horizontal e a bateria dura 18h seguidas com todas as funcionalidades acionadas (bluetooth, gps, wifi, internet móvel, etc.).

SERVIÇO 

A ValeCard amplia funcionalidades da sua plataforma de gestão de frota e intensifica uso do cartão de crédito próprio com facilidades para frotistas e autônomos.

A empresa, mineira de Uberlândia,  apresentou na Fenatran novos recursos do seu sistema de gestão de frotas, já aplicado em uma frota de 400 mil veículos em todo país. A plataforma de ferramentas da empresa integra controles específicos para abastecimento, manutenção, telemetria (rastreamento monitorado) e documentação (motorista e veículo), gerando 85 modelos diferentes de relatórios. O sistema de Gestão de Frotas da ValeCard conta com 300 funcionalidades e pode ser gerenciado pelo cliente por autogestão online, mas nem todas são utilizadas. E, desta vez, foi além ao oferecer aos clientes recursos para gestão de CO² e de pneus.

Entre os benefícios destacados por José Geraldo Ortigosa, presidente da empresa, está também a extensão das funcionalidades do cartão ValeCard, que facilita a compra de vários itens durante uma viagem – de combustível à alimentação, pneus, farmácia, entre outros, de forma segura e gerando uma economia de 10% a 20%. “Temos três milhões de cartões emitidos em todo Brasil e uma rede conveniada de 23 mil postos, que operam exclusivamente com nossa maquininha própria. Garantimos todos os pagamentos”, diz o executivo. Só em manutenção e abastecimento, com o uso adequado do potencial das ferramentas do serviço de gestão, no final do mês, a economia pode alcançar 20%. “Nossos clientes compram cerca de 29 milhões de litros de combustível por mês”, enfatiza.

Para facilitar a aplicação das ferramentas e dar visibilidade aos resultados, a ValeCard passou a oferecer outro módulo de serviço, no formato de consultoria, para mostrar ao cliente como realizar a parametrização de cada veículo da frota. “Cada veículo tem uma exigência diferente, como, por exemplo, o tipo de combustível, óleo e manutenção”, explica Marcelo Simidamore, gerente executivo de Inovação em Frota. Ao todo estão disponíveis sete módulos de gestão para clientes: Abastecimento, Manutenção, Monitoramento e Telmetria, Assistência 24 horas, Gestão avançada Plataforma e Gestor Dedicado.

Para a empresa, que mantém forte presença em mercados B2B, possui estrutura de e-commerce e atende clientes do comércio, a crise não está sendo tão impactante por reduzir apenas a expectativa de crescimento. “Vínhamos crescendo na ordem de 30% ao ano e projetávamos esse índice para 2015. Porém, vamos realizar apenas 20% do pretendido. De toda forma é bom em um mercado recessivo”, explica Ortigosa. De todos os negócios da empresa, o serviço de gestão de frotas representa 50% do faturamento anual de R$ 2,2 bilhões.

CONTROLE DE CO²

O relatório de emissão poluente da Gestão de Frotas ValeCard é baseado na cartilha “Gestão de Qualidade do Ar” do Ministério do Meio Ambiente. O Gestor de Frota (cliente) tem autonomia para entrar no sistema da ValeCard e gerar o relatório de forma automática e rápida.

O cálculo é feito de acordo com os indicadores da própria cartilha automaticamente. Para emitir esse relatório o cliente usa a quantidade de abastecimento, a idade do veículo e também a quantidade de quilômetros rodados. Assim, ele consegue o relatório completo de quanto a frota dele tem emitido de CO². Por exemplo, a Gestão de Pneus é feita também de forma simples e prática por meio do Sistema SIAG (Auto Gestão). O sistema informa qual modelo de pneu é indicado para cada veículo, avalia e controla o tempo de vida de acordo com o quilômetro rodado e informa quando há a necessidade de fazer a troca. Além disso, ele também apresenta o custo que o pneu tem a cada quilômetro rodado. Toda vez que o veículo faz a manutenção da troca de pneu, o novo é fotografado e recebe a marca de fogo (feita a laser que indica o nome e a data da troca).