Notas #54: Cummins prepara a comemoração de 50 anos no Brasil + outras notícias

2370

A Cummins Brasil começa os preparativos para comemorar os 50 anos de presença no País. A empresa começou a produzir motores a diesel em 22 de novembro de 1971. 

Neste ano no Brasil, a Cummins emprega 1.600 pessoas comprometidas em impulsionar um mundo mais próspero por meio de três prioridades de responsabilidade corporativa críticas para comunidades saudáveis: educação, ambiente e justiça social. As ações, todas lideradas pelos colaboradores voluntários da empresa, buscam melhorar as condições das comunidades onde a empresa está instalada, um valor presente mas que foi exigência do fundador, o Sr. Cummins, há mais de 100 anos.

A diversidade nos negócios, ações comunitárias e propostas transformadoras são reflexo da busca constante da Cummins pela equidade e quebra de preconceitos; a empresa, desde os seus primórdios, preza e acredita que um ambiente onde todos convivem com a multiplicidade de perspectivas, se torna culturalmente mais rico e inovador.
 
Mas hoje, exatos setes meses que antecedem a data oficial da comemoração, a Cummins Brasil dá largada às celebrações do seu quinquagésimo aniversário e prevê ao longo do ano uma série de ações que dê continuidade com os seus propósitos: impulsionar um mundo mais próspero e uma sociedade mais igualitária.
 
Teremos muito orgulho em compartilhar todo o caminho percorrido até agora e apresentar os próximos passos da Cummins e suas soluções tecnológicas que estarão disponíveis no momento certo.

4Leia mais sobre a Cummins: 

Cummins investe R$ 5,5 milhões em ensino fundamental

Próxima nota: Qual tipo de veículo causa mais morte no trânsito?

Anterior
Compartilhar
Marcos Villela
Jornalista técnico e repórter especial no site e na revista Transporte Mundial. Além de caminhões, é apaixonado por motocicletas e economia! Foi coordenador de comunicação na TV Globo, assessor de imprensa na então Fiat Automóveis, hoje FCA, e editor-adjunto do Caderno de Veículos do Jornal Hoje Em Dia e O Debate, ambos de Belo Horizonte (MG).