Volvo elétrico prova resistência e percorre 500 mil km em dois anos

256

Um Volvo totalmente elétrico percorreu mais de 500 mil km em dois anos de uso. Isso é uma média de quase 1 mil km por dia. Também uma amostra de que os caminhões elétricos tendem a ter a mesma performance e vida útil dos caminhões com motores térmicos. Com a vantagem da menor manutenção.

Seja como for, o FM Eletric da Volvo rodou toda essa quilometragem em testes feitos pela Volvo Trucks e a Designwerk Technologies. A empresa, controlada pela Volvo, desenvolve componentes de eletrificação.

LEIA TAMBÉM: Volvo VM faz 20 anos e lança série especial para comemorar

Seja como for, o caminhão, mesmo submetido a avaliação, rodou em operação real do Grupo Börje Jönsson. A transportadora sueca opera caminhões com motorização alternativa ao diesel desde 2013.

Volvo elétrico percorre 500 mil km em dois anos
O caminhão FM Eletric já rodou 500 mil km em estes reais; foto: Börje Jönsson/Divulgação

Nesse sentido, o FM Eletric fez, durante o período, o trajeto entre as cidades suecas de Helsingborg e Gotemburgo. Ou seja, rota de 240 km de distância. Vale ressaltar que o caminhão rodou todos os dias.

Para atingir esses 1 mil km por dia, o Volvo elétrico teve de fazer em média cerca de quatro viagens diárias, com intervalos entre a recarga. Apenas aos domingos, rodava meio período. Ficando o restante do dia recarregando as baterias.

Constante evolução

Rodar 500 mil km em apenas dois anos é uma grande conquista para um camião elétrico. Isso mostra que é possível eletrificar veículos direcionados às operações de transporte mais intensas e pesadas”, diz Jessica Sandström, vice-presidente sênior de gestão global de produtos da Volvo Trucks. 

Ademais, a executiva complementa que o projeto ainda foi importante para aprender mais sobre o desempenho das baterias. “Nossas descobertas vão beneficiar as próximas gerações de caminhões.”

Seja como for, para o diretor da empresa de transporte, Börje Jönsson, a desenvoltura do Volvo FM Eletric atendeu às expectativas. “O caminhão é robusto. Rodou todo esse tempo e não apresentou vibrações”.

Para o empresário, ainda é preciso ampliar a infraestrutura de recarga. Sobretudo com carregadores mais potentes. “Só assim, as frotas de caminhões elétricos poderão aumentar”.

FM Eletric no Brasil

A Volvo está testando em operações reais com clientes, o FM Eletric no Brasil. O modelo foi apresentado na Fenatran. E neste ano começiou uma série de testes práticos. Com isso, a Volvo também quer estudar o mercado, bem como suas necessidades relacionadas ao tema elétromobilidade. 

Por aqui, o modelo é oferecido na versão cavalo mecânico e chassi rígido. E com peso bruto total combinado (PBTC) de 44 toneladas. Conforme dados da marca, há três motores elétricos que geram 490 kW de potência. Ou seja, equivalentes a 660 cv.