As empresas do Grupo Randon mostram na Fenatran 21 novos produtos entre implementos rodoviários, quinta roda, freios e eixos. O diferencial dos implementos rodoviários, segundo os executivos da marca, é que eles estão mais leves, produzidos com materiais mais resistentes  e de menor custo.

“Com a redução de tara e preço, conseguimos ajudar o custo operacional dos clientes”, completa David Randon, diretor presidente da Randon.

Destaque para o semirreboque basculante de 30 m³ para o transporte de minerais como areia e brita, desenvolvido com materiais mais leves, de alta resistência. Outro destaque presente no estande do grupo é o Tanque Cilíndrico Linha R produzido em aço carbono. Como novidade deste tanque é o novo corrimão polimérico, uma exclusividade Randon, que oferece o opcional de acionamento pneumático e que proporciona maior leveza e segurança à operação.

A Jost apresentou ainda a quinta roda JS 37CW cujo diferencial é a capacidade de carga de 24 t. Ela é indicada para operações rígidas como tanque, basculante, silo e bitrens de 9 eixos. Outro lançamento é a quinta roda JSK 39CS que dispõe de sensor de acoplamdento que indica se a quinta roda está fechada. Apesar da automatização, o produto permite a abertura de modo manual do sistema. Ela é recomendada para semirreboque canavieiro e florestal, já que suporta carga vertical de até 26 t.

Outras novidades presentes no estande da maior fabricante de implementos rodoviários são frutos de inovações realizadas pela companhia em meio à crise. “É na crise que a nossa mente começa a mudar, porque passamos procurar alternativas para melhorar nossos processos de produção, trazendo materiais mais modernos e que possam reduzir os nossos custos, e com isso conseguimos repassar um custo menor para o cliente. Também é uma estratégia para vencer a concorrência”, explica David Randon, diretor presidente da Randon.

Mais fábricas

No primeiro trimestre de 2018, a Randon começa a operar a fábrica da Araraquara, localizada no interior de São Paulo. Já em testes, a planta vai produzir produtos da linha canavieira, basculantes e vagões rodoviários. Essa unidade chega para se juntas a mais quatro plantas: Caxias do Sul (RS), Chapecó (SC), Argentina e Peru.

Em novembro, a Randon inaugura também uma fábrica na China.

 

Compartilhar
Andrea Ramos
Jornalista especializada em veículos comerciais, apaixonada por caminhões e punk rock, e mãe do B e do Ben.